Você sabe identificar quando sua carreira está em ALERTA VERMELHO?  Reuni 8 indicadores nesse artigo de que é o momento de buscar mudanças em sua vida profissional:

 

1. Sentimento de insatisfação frequente no dia a dia do seu trabalho.

 

Se você vai “se arrastando para o trabalho” frequentemente ou se você passa a maior parte do seu dia desmotivado, chateado ou frustrado significa que existem grandes alertas vermelhos em sua vida profissional! Não ignore!

 

2. Nunca receber nenhum tipo de promoção ou reconhecimento.

 

Quando a gente faz muito tempo a mesma coisa e não recebe nenhum tipo de reconhecimento ou de estímulos é normal a gente desmotivar ou desanimar. Não espere que mudanças externas aconteçam.  Não espere por uma atitude alheia. Mexa-se e mude seu status atual. Mudanças verdadeiras começam de dentro para fora.

 

3. Falta de AUTOreconhecimento

 

Se você não e reconhece com um bom profissional, se sua autopercepção não é positiva o bastante, você vai esbarrar em inúmeros conflitos internos e armadilhas de sabotagem. Busque se conhecer e entenda seu valor profissional.

 

4. Não ver significado no trabalho atual

 

Trabalhar com algo que não faz sentido para você, que não tem a ver com seus valores, que não reflete seus dons e capacidades e que não tem nada a ver com seu propósito de vida só tem um destino final: frustração, frustração e frustração!

 

5. Trabalhar pelo dinheiro

 

Já dizia Mario Sérgio Cortella, “se você trabalha pelo dinheiro, não sofra! Levante e vá ganhar o seu!” O problema do dinheiro nesse aspecto é só um: não é um motivo suficientemente duradouro e verdadeiramente motivador. Dinheiro é fundamental e muito importante, mas é consequência, e não causa!

 

6. Viver esperando ansiosamente a sexta-feira

 

Já falei disso em outro artigo. Não é normal viver contando os dias para a sexta-feira e, consequentemente, para o final de semana. Se você espera o final de semana para finalmente se divertir e “viver”, presta atenção: aí tem um grande ALERTA VERMELHO!

 

7. Viver ansioso ou estressado

 

Sua realidade atual está impactando nos seus níveis de saúde física e mental?  Cuidado! Não é normal viver estressado o tempo todo! Já a ansiedade é uma forma de estar focado num tempo futuro, tempo esse que não aconteceu ainda e que depende da sua energia e foco atual para acontecer e ser do jeito que você espera. Não é normal ser ansioso, não! Isso demonstra um gap muito grande em alguma das esferas da sua realidade atual!

 

8. Não ter perspectivas de crescimento profissional

 

E se, além disso, o seu processo de aprendizado cessou, é hora de buscar mudanças com urgência. Porque eu sei que você quer mais da vida e o comodismo não traz senso de realização para ninguém!

 

 

 

A melhor maneira de sabermos se estamos na rota certa ou se precisamos mudar é fazendo perguntas certas para nós mesmos. E claro, sendo muito honestos nas respostas. O problema aqui é que você já percebeu como a gente se sabota frequentemente? Às vezes fazemos algumas perguntas para nós mesmos e antes de ouvir a resposta os nossos medos já produzem justificativas, nos dando uma versão distorcida da realidade. Isso tem nome: autossabotagem! E é um perigo!

 

 

Precisa de mudanças na carreira? Que tal um processo de Coaching? Saiba Mais!

 

 

Quero te ajudar, por isso, seguem três perguntas iniciais para você se fazer:

– Quanta segurança você tem de que escolheu a área com maior probabilidade de sucesso e realização?

– Antes, em algum momento, você teve a sensação de que “faria isso até de graça”? Já teve essa sensação? Apesar de parecer meio utópico, a ideia aqui é entender se você escolheu uma atividade que realmente desperte o seu melhor potencial, dom e talento. E talvez a resposta tenha sido “sim” em algum momento e hoje é “não”. Não tem problema, isso pode acontecer porque hoje você já se percebe um especialista nessa área e consegue dimensionar que o seu trabalho gera resultados e que tem valor, ou seja, você deve ser pago, e bem pago!

– Se você não precisasse de dinheiro para viver, qual ocupação/atividade teria ou faria?

Aqui não é para responder que viveria de férias, não! A ideia é entender o que realmente faz sentido para você na prática de alguma atividade. Dá para coletar informações a respeito dos seus valores e do seu propósito de vida; e para você se sentir realizado no seu trabalho, necessariamente ele tem que estar envolvido com esses dois aspectos.

Muitas pessoas vêm até mim nos processos de Coaching de Carreira que conduzo e colocam o aspecto financeiro como o principal empecilho para as suas realizações. E muito frequentemente, ao longo do processo, elas percebem que o que as estavam impedindo não era sua condição financeira: eram suas crenças imitantes. Precisamos sempre partir de uma realidade possível e temos que contar com o bom senso para analisar se os sonhos são viáveis ou não.  No entanto, tirando os sonhos realmente impossíveis, quase tudo é fruto de planejamento, ação e persistência – claro, desde que tenhamos crenças positivas e fortalecedoras e muitos mais recursos a nosso favor do que interferências negativas ao longo do nosso caminho.

 

 

Até a próxima!

Thais Campos

Coach de Carreira